HOUSTON- Empresa que mais fez serviços para FPSOs que serão usados pela Petrobrás no pré-sal, a Chemtech confirma sua tradição e oferece seus serviços para o mercado internacional. Na OTC, a empresa apresenta seus projetos pioneiros.

O diretor comercial da Chemtech, Alex Freitas, um veterano na OTC, acredita que a empresa precisa se programar para os novos desafios. “A Chemtech está desenvolvendo os projetos de engenharia de detalhamento de quatro dos oito replicantes do pré-sal. É um orgulho para nós e queremos compartilhar essa experiência durante a feira. Já estamos de olho em negócios futuros e estamos otimistas e esperançosos de que as coisas voltem para o lugar e novas perspectivas surjam no horizonte”, disse.

Além dos projetos do pré-sal, a Chemtech divulga, na feira, a expansão de suas operações na América Latina. Por meio do novo escritório em Lima, no Peru, a empresa atuará com o foco na indústria de petróleo e gás, mas também contemplando as áreas de mineração, química e petroquímica.

“Temos a expectativa de cada vez mais consolidar a Chemtech como uma empresa global, capaz de atender com qualidade e competitividade clientes internacionais com a mesma competência já reconhecida no Brasil”, afirmou Alex Freitas.

Fonte: Petronotícias