A indústria naval brasileira apresentou grandes resultados na última década. Segundo levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o setor vem crescendo a uma média 19,5% desde 2000, atingindo cerca de R$ 149,5 bilhões. O avanço dessa indústria, que tinha praticamente desaparecido nos anos 1990, se deu graças às encomendas do setor de gás e petróleo. Nesse cenário a realização de políticas públicas, com a promoção de conteúdo local, foi fundamental. Agora o setor enfrenta um momento onde as políticas precisam ser continuadas e fortalecidas para que, da revitalização, se concretize uma indústria consolidada e capaz de enfrentar novos mercados.

Para discutir essas questões a Agência Dinheiro Vivo realizará dia 14 de agosto, em São Paulo, no Hotel Intercontinetal, o 48º Fórum de Debates Brasilianas.org – Indústria Naval. O evento contará com a participação do coordenador-executivo do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), Paulo Alonso, do presidente e vice-presidente do Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval), Ariovaldo Rocha e Franco Papini, do presidente da Câmara Setorial de Equipamentos Navais e Offshore da Abimaq, Marcelo Medeiros de Campos e do diretor do Centro de Tecnologia Mecânica, Naval e Elétrica do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), James Weiss. Acompanhe a programação completa no link: advivo.com.br/seminários

14/08/2014
Das 09h00 às 18h00
Local: Hotel Intercontinetal – Auditório Giorgi
Alameda Santos, 1123 – Jardim paulista – São Paulo
Informações: 0800 169966 (ramal 23 e 24) ou eventos@advivo.com.br

 

Programação:

Apresentação Luís Nassif – Diretor Presidente da Agência Dinheiro Vivo

Abertura – A relação entre os setores naval e de petróleo e gás

  • Paulo Alonso, Coordenador-executivo do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) da Petrobras
  • Ariovaldo Santana da Rocha, Presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval)
  • Franco Papini, Vice-Presidente do Sinaval

1º Painel – Políticas públicas para a consolidação do setor naval brasileiro

  • Marcelo Medeiros de Campos, Presidente da Câmara Setorial de Equipamentos Navais e de Offshore (CSEN), da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ)
  • Antônio Müller, Presidente da Associação Brasileira de Engenharia Industrial (ABEMI)

2° Painel – Avanços e desafios tecnológicos do setor

  • James Weiss, Diretor do Centro de Tecnologia Mecânica, Naval e Elétrica do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT)
  • Sergio de Albuquerque e Mello, Diretor-executivo Comercial do Bureau Veritas Brasil

Fonte: Jornal GGN