Após o Conselho de Meio Ambiente do Município de Salvador (Comam) ter aprovado, por unanimidade, a licença prévia do projeto de Corredores de Transporte Público Integrado de Salvador, a Prefeitura só aguarda a anuência de um empréstimo da Caixa Econômica Federal para lançar o edital de licitação da obra.

O secretário Municipal de Urbanismo e Transporte, Fábio Mota, tem a expectativa de, ainda este ano, assinar o contrato para a execução das obras do Bus Rapid Transit, ou Transporte Rápido por Ônibus, com a empresa vencedora da licitação, dentre as 5 classificadas.

O projeto prevê a criação de uma via expressa de 8,7 km que sairá da Estação da Lapa, no centro da cidade, até a Praça Newton Rique, na região do Iguatemi, com a implantação de viadutos no Lucaia, Parque da Cidade e Iguatemi e as vias exclusivas de ônibus nos canteiros centrais nas avenidas Vasco da Gama, ACM, Juracy Magalhães Jr. e Praça Newton Rique, onde o sistema fará integração com o metrô.

Fonte: Bahia Negócios