A Odebrecht Óleo e Gás e a Petrobrás fecharam um novo contrato, para a manutenção  de plataformas em operação, com o valor total de R$ 460 milhões. A prestadora de serviços vai realizar o trabalho para a petroleira ao longo de quatro anos, podendo o contrato ser estendido por mais quatro anos.

O total de plataformas a serem enquadradas no acordo poderá variar de seis a oito, dependendo do período entre um serviço e outro, o que poderá ocorrer a cada quatro ou seis meses. As atividades devem começar ainda este mês e poderão envolver desde serviços de construção e montagem, como fabricação e reparo de estrutura e tubulação, pintura industrial, elétrica e instrumentação, até as paradas programadas das plataformas.

As unidades incluídas no contrato atuam na Unidade de Operações de Exploração e Produção do Rio de Janeiro (UO-RIO), sendo que a negociação é fruto do Programa de Eficiência Operacional da Petrobras (Proef), lançado no ano passado pela presidente da estatal, Graça Foster.

Fonte: Petronotícias