O Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), do Ministério de Minas e Energia, irá capacitar 17 mil pessoas para trabalhar na indústria de petróleo e gás natural até 2016. Foram levados em consideração 45 projetos mais importantes da Petrobrás e dos principais estaleiros brasileiros para chegar a este número.

Paulo Sergio Rodrigues Alonso, assessor da Presidência da Petrobras para Conteúdo Local e coordenador executivo do Programa, fez um balanço dos dez anos do Prominp durante um evento da OTC. Ele lembrou que o Prominp foi criando em 2003 com o objetivo de aumentar a participação dos fornecedores brasileiros de bens e serviços em projetos de petróleo e gás no Brasil e no exterior, qualificando profissionais para o mercado que estava carente.

Alonso também ressaltou a parceria com o Sebrae, onde foram investidos desde 2004 US$41 milhões, tendo beneficiado mais de 13 mil micro e pequenas empresas. Ele também falou do incentivo da Petrobrás para que fornecedores estrangeiros se instalem no Brasil e comentou o sucesso dessas marcas no país. Cerca de 97 mil pessoas, entre técnicos, engenheiros e outros profissionais, foram capacitados pelos programa, entre 2006 até 2013.

Fonte: Notícias do Trecho