Entrega do primeiro lote do sistema, capaz de atender 70 mil pessoas/dia, está prevista para meados do segundo semestre de 2014.

O Consórcio Expresso VLT da Baixada, do qual a Construtora Queiroz Galvão faz parte, iniciou, em maio de 2013, as obras para a construção do Veículo Leve sobre Trilhos. O empreendimento, realizado pelo governo do Estado de São Paulo, vai integrar os sistemas de transporte público e ampliar a mobilidade urbana da Baixada Santista,Santos, São Vicente e Praia Grande. O investimento total do governo na obra com 16,6 quilômetros de extensão é de R$ 1 bilhão e a conclusão das obras do primeiro trecho está prevista para o segundo semestre de 2014.

O VLT, cuja expectativa é atender diariamente 70 mil pessoas, é considerado o eixo central para a implantação do SIM (Sistema Integrado Metropolitano da Baixada Santista), programa criado pelo governo do Estado de São Paulo por meio do sistema da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

O SIM, quando estiver concluído, irá promover a racionalização e modernização do sistema de transporte da região. Para isso, o VLT corresponderá a uma linha-tronco estrutural que será alimentada pelas demais linhas que atendem aos municípios beneficiados. Essas linhas serão reformuladas para promover uma redução de 23% na frota de ônibus, que passará de 453 para 352 veículos, enquanto que as linhas cairão de 52 para 32. Considerando as 10 composições previstas para o VLT, o total do SIM será de 362 veículos.